MORPHOMETRIC CHARACTERIZATION OF THE SEEDS AND GERMINATION OF THE SPECIES ENDEMIC IN NORTHEASTERN BRAZIL: SUBTRIBE-HYPTIDINAE – LAMIACEAE

Natália dos Santos Barroso, Cíntia Luiza Mascarenhas de Souza, Ariana Reis Messias Fernandes de Oliveira, Marisol Ferraz, Claudineia Regina Pelacani Cruz, Lenaldo Muniz de Oliveira

Resumo


O objetivo foi avaliar características morfométricas de sementes, germinação e crescimento inicial de plântulas de seis espécies pertencente a família Lamiaceae, endêmicas da região semiárida  do nordeste brasileiro e  ainda pouco estudadas. Foram obtidos peso, comprimento, largura e conteúdo de água das sementes de Martianthus leucocephalus, Hyptis suaveolens, H. macrostachys, H. platanifolia, Eplingiella fruticosa e E. cuniloides e comparado o efeito da temperatura na germinação e no crescimento inicial de plântulas das três espécies de Hyptis. As Sementes mostraram grande variabilidade; alguns parâmetros podem ser utilizados para fins de identificação de espécies. Sementes de Martianthus leucocephalus apresentaram menores médias para comprimento e largura, enquanto que as maiores medidas forma observadas em H. suaveolens. As temperaturas entre 25 e 30 oC foram as que proporcionaram as maiores porcentagens de  germinação e obtenção de plântulas vigorosas. Dentre as espécies estudadas, as sementes de H. suaveolens apresentaram os maiores limites de tolerância térmica. 


Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, D. C. A.; KUNIYOSHI, Y. S.; MEDEIROS, A. C. S.; NOGUEIRA, A. C. 2005. Caracterização morfológica de frutos e sementes de cataia (Drimys brasiliensis Miers.-Winteraceae). Revista Brasileira de Sementes, Londrina, v. 27, n. 2, p. 67-74.

AGRA, M. F.; FREITAS, P. F.; BARBOSA-FILHO, J. M. 2007. Synopsis of the plants known as medicinal and poisonous in Northeast of Brazil. Revista Brasileira de Farmacognosia, Curitiba, v. 17, n.1, p. 114-140.

ARALDI, R.; VELINI, E. D.; GOMES, G. L. G. C.; CARBONARI, C. A.; ALVES, E.; TRINDADE, M. L. B. 2013. Variação do tamanho de sementes de plantas daninhas e sua influência nos padrões de emergência das plântulas. Planta Daninha, Viçosa, v. 31, n.1, p. 117-126.

BARROSO, N. S.; SOUZA, C. L. M.; PELACANI, C.R.; OLIVEIRA, L. M. 2013. Influência do fotoperíodo na germinação de sementes de espécies do gênero Hyptis (Lamiaceae) Magistra, Cruz das Almas-BA, v. 25, n. 358, I RGVNE.

CRUZ, E. D.; MARTINS, F. O.; CARVALHO, J. E. U. 2001. Biometria de frutos e sementes e germinação de jatobá-curuba (Hymenaea intermedia Ducke, Leguminosae – Caesalpinioideae). Revista Brasileira de Botânica, São Paulo, v. 24, n. 2, p. 161-165.

DE ALMEIDA, C. F. C. B. R.; ALBUQUERQUE, U. P. 2002. Check-list of the Family Lamiaceae in Pernambuco, Brazil. Brazilian Archives of Biology and Technology, Curitiba, v. 45, n. 3, p. 343-353.

FALCÃO, D. Q.; MENEZES, F. S. 2003. Revisão etnofarmacológica, farmacológica e química do gênero Hyptis. Revista Brasileira de Farmacognosia, Curitiba, v. 84, n. 3, p. 69-74.

FELIPPE, G. M.; POLO, M., CARDOSO, V. J. M.; FIGUEIREDO-RIBEIRO, R. C. L. 1983. Germinação da unidade de dispersão da erva invasora Hyptis suaveolens. Anais Seminário Regional de Ecologia III, São Carlos: p. 245-261.

FERREIRA, A. G.; BORGHETTI, F. 2004. Germinação: do básico ao aplicado. Porto Alegre:Artmed.

FERREIRA, D.F. 2006. SISVAR 4.0. Lavras:Sisvar.

HARLEY, R.M.; FRANÇA, F. 2009. Verbenaceae. Pp. 23-35. In: GIULIETTI, A. M.; RAPINI, A.; ANDRADE, M. J. G.; QUEIROZ, L. P.; SILVA, J. M. C. (Orgs.). Plantas Raras do Brasil. Belo Horizonte: Conservação Internacional - Brasil & Universidade Estadual de Feira de Santana.

HARLEY, R. M.; PASTORE, J. F. B. 2012. A generic revision and new combinations in the Hyptidinae (Lamiaceae), based on molecular and morphological evidence. Phytotaxa, Auckland, v. 58, p.1-55.

ISTA, 2007. International Rules for Seed Testing Association. Bassersdorf, Switzerland.

JOLY, C. A.; FELIPPE, G. M.; DIETRICH, S. M. C.; CAMPOS-TAKAKI, G. M. 1980. Physiology of germination and seed gel analysis in two populations of Magonia pubescens. St. Hil. Revista Brasileira de Botânica, São Paulo, v.3, n. ½, p. 1-9.

LORENZI, H.; MATOS, F. A. 2008. Plantas Medicinais no Brasil: nativas e exóticas. Nova Odessa, Ed. Plantarum.

LUCCHESE, A. M.; OLIVEIRA, L. S.; RODRIGUES, O. S.; MOREIRA, J. S.; ZAIM, C. Y. H.; ZAIM, M. H.; QUEIROZ, L. P.; GIULIETTI, A. M.; UETANABARO, A. P. T.; CONCEIÇÃO, T. A. 2005. Óleos essenciais do gênero Hyptis da região do semi-árido da Bahia. Pp. 118. In: Simpósio Brasileiro de Óleos Essenciais, Campinas. Anais... Campinas: Instituto Agronômico de Campinas.

LUCCHESE, A. M.; ZAIM, C. Y. H.; MACHADO, S. S.; RODRIGUES, O. S.; MOREIRA, J. S.; SANTOS, A. O. A.; ROCHA, M. B.; SOUZA, R. D. & UETANABARO, A. P. T. 2006. Comparação da atividade antimicrobiana de óleos essenciais extraídos de espécies do semi-árido baiano. Pp. 285. In: Reunião Anual Da Sociedade Brasileira de Química, Águas de Lindóia. Anais... Águas de Lindóia: Sociedade Brasileira de Química.

MAIA, S. S. S.; PINTO, J. E. B. P.; SILVA, F. N.; OLIVEIRA, C. 2008. Enraizamento de Hyptis suaveolens (L.) Poit. (Lamiaceae) em função da posição da estaca no ramo. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, Recife, v. 3, n. 4, p. 317-320.

MATHEUS, M. T.; LOPES, J. C. 2007. Morfologia de frutos, sementes e plântulas e germinação de sementes de Erythrina variegata L. Revista Brasileira de Sementes, Londrina, v. 29, n. 3, p. 8-15.

SALES, J. F; PINTO, J. E. B. F; OLIVEIRA, J. A.; BOTREL, P. P.; SILVA, F. G.; CORRÊA, R. M. 2011. The germination of bush mint (Hyptis marrubioides EPL.) seeds as a function of harvest stage, light, temperature and duration of storage. Acta Scientiarum Agronomy, Maringá, v. 33, n. 4, p. 709-713.

SILVA, A. B. L.; DIAS, K. S.; MARQUES, M. S.; MENEZES, I. A. C.; SANTOS, T. C.; MELLO, C. M.; LISBOA, A. C. C. D.; CAVALCANTI, S. C. H.; MARÇAL, R. M.; ANTONIOLLI, A. R. 2006. Avaliação do efeito antinociceptivo e da toxicidade aguda do extrato aquoso da Hyptis fruticosa Salmz. ex Benth. Revista Brasileira de Farmacognosia, Curitiba, v. 16, n. 4, p. 475-479.

SOUZA, V. C.; LORENZI, H. 2008. Botânica Sistemática. Guia ilustrado para identificação das famílias de Angiospermas da Flora Brasileira, baseado em APG II. Ed. 2. Instituto Plantarum de Estudos da Flora Ltda, Nova Odessa.

SUDA, C. N. K.; PEREIRA, M. F. D. A. 1997. Sensibilidade à luz de sementes de Euphorbia heterophylla L. durante a germinação. Revista Brasileira de Fisiologia Vegetal, Campinas, v. 9, n. 1, p. 55-64.

VUADEN, E. R.; ALBUQUERQUE, M. C. F.; COELHO, M. F. B.; MENDONÇA, E. A. F. 2005. Germinação e morfologia de sementes e de plântulas de hortelã-docampo Hyptis cana Pohl. (Lamiaceae). Revista Brasileira de Sementes, Londrina, v. 27, n. 2, p. 1-5.

VUADEN, E. R.; ALBUQUERQUE, M. C. F.; GUIMARÃES, S. C.; COELHO, M. F. B. 2004. Efeito da temperatura sobre a germinação de sementes de Hyptis cana Pohl. provenientes de diferentes ambientes. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, Botucatu, v. 7, n. 1, p. 92-97.




DOI: https://doi.org/10.37856/bja.v93i1.3265

Apontamentos

  • Não há apontamentos.